VW Caminhões e Ônibus abrirá segundo turno em Resende

Empresa vai contratar 350 para ampliar produção de extrapesados e chassis de ônibus

36
VW Caminhões e Ônibus
VW Caminhões e Ônibus

VW Caminhões e Ônibus

Volkswagen Caminhões e Ônibus abrirá em dezembro um segundo turno parcial de produção na fábrica de Resende (RJ), contratando cerca de 350 colaboradores. A montadora chama de parcial porque a equipe montará nesse período apenas chassis para ônibus e caminhões extrapesados. O restante da linha de caminhões permanece com a produção no primeiro turno, que vem adotando horas extras e também jornadas em alguns sábados.

“Em novembro, nós e as empresas do consórcio modular, parceiras de manufatura em Resende, iniciaremos as contratações e treinamentos. Também pretendemos aumentar a atual produção dos demais modelos contando com parte dos novos colaboradores”, afirma o presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus, Roberto Cortes.

 

O anúncio do segundo turno foi feito por Cortes durante a visita de Andreas Renschler, CEO mundial do Grupo Traton, e de representantes do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense. A recuperação do mercado brasileiro ao longo de 2018 e a perspectiva para 2019 motivam a decisão. As vendas de caminhões no País cresceram cerca de 50% no acumulado até setembro sobre iguais meses do ano passado. E o mercado de ônibus cresceu 22,4% nessa mesma base de comparação.

A produção do segundo turno estará concentrada nos chassis de ônibus e nos caminhões extrapesados por causa da expectativa de licitações para o transporte público em 2019 e pela grande demanda de transporte de grãos.