Programa de subsídios para o diesel no foco da Raízen

50
programa de subsídios
Fim do programa de subsídios do Diesel

Fim de programa de subsídios

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A Raízen conta com o fim do programa de subsídio ao diesel, do governo federal, no fim deste ano, para voltar a ganhar dinheiro com o combustível, afirmou nesta terça-feira o presidente da companhia, Luis Henrique Guimarães, durante evento no Rio de Janeiro.

O programa, lançado após a greve dos caminhoneiros, contra os altos preços do diesel, tem previsão de encerrar ao final de 2018.

Falhas no programa

Empresas têm levantado falhas no programa, ao apontar que o subsídio não remunera adequadamente as companhias. Os pagamentos das subvenções também têm sido feitos com atrasos.

“Espero que até o fim do ano acabe essa maluquice do diesel e a gente possa de fato ganhar dinheiro”, disse Guimarães, ao apresentar uma palestra no congresso Rio Oil & Gas.

A companhia, formada a partir de uma joint venture entre a Cosan e a Shell, é a segunda maior distribuidora de combustíveis do Brasil.