Scooter elétrico conectado mostra o melhor caminho e até a hora da revisão

0
48

Scooter elétrico conectado mostra o melhor caminho e até a hora da revisão. Flow da indiana 22 Motors tem inteligência artificial e armazena hábitos do condutor na nuvem.

Scooter elétrico conectado mostra o melhor caminho e até a hora da revisão
Scooter elétrico conectado mostra o melhor caminho e até a hora da revisão

Imagine um scooter elétrico que “aprende” os hábitos do seu condutor e sugere o melhor momento para recarregar a bateria. Pode parecer coisa de filme de ficção científica, mas esse scooter é realidade: chama-se Flow e foi criado pela startup indiana 22Motors. Lançado no Salão de Veículos da Índia no início deste ano, as primeiras unidades do Flow em pré-venda já estão, inclusive, esgotadas.

Scooter elétrico tem design convencional e baixo peso

Ao ver suas especificações técnicas e seu design, o Flow se assemelha a grande maioria dos scooters elétricos existentes no mercado. Equipado com uma bateria de íons de lítio que tem autonomia para 80 km (160 km com a bateria dupla), ele conta com um motor elétrico Bosch de 2,1 kW no eixo traseiro que pode levá-lo a 60 km/h.

Bateria tem autonomia para 80 km; velocidade máxima é de 60 km/h

Desempenho modesto, mas suficiente para rodar no trânsito de Nova Délhi e outras grandes cidades da Índia. A 22 Motors, localizada em Gurugram, na periferia da capital indiana, criou o Flow para os deslocamentos dos milhões de indianos que usam motos e scooters diariamente.

Inteligente 

Uma análise mais cuidadosa demonstra que o e-scooter é mais inteligente do que parece. A começar pelos freios combinados a disco nas duas rodas que contam com sistema regenerativo (KERS) – a energia das frenagens pode recarregar até 6% da bateria. Pneus sem câmara, caixa à prova de água e poeira para proteger a bateria, iluminação de LEDs e painel digital são outros destaques do Flow.

Flow armazena informações na nuvem e sugere as melhores, indica a hora de recarregar a bateria e até pede peças para revisão

Mas é mesmo o “cérebro” do Flow que o diferencia de outros modelos. A 22Motors criou um aplicativo que “aprende” com o condutor e conecta seu scooter à nuvem (cloud storage). O aplicativo para smartphones traz os recursos que se espera encontrar em veículos modernos, como conectividade Bluetooth e alertas com informações úteis sobre condições da estrada, tráfego, etc.

Mas o app também se utiliza de Inteligência Artificial para “aprender” os hábitos do motociclista e emitir alertas caso note alguma mudança inusitada, como velocidade excessiva ou a escolha de um caminho mais longo.

Com essas informações armazenadas, o app sugere intervalos de revisão de acordo com o estilo de pilotagem e pode até mesmo fazer o pedido online das peças necessárias para a manutenção. Por exemplo, se um condutor usa demais o freio traseiro, o Flow já ordenar pastilhas e um pneu novo para a próxima visita à oficina. Ainda baseado na pilotagem, outra funcionalidade interessante do app é recomendar o melhor regime para recarregar a bateria.

Sob o assento, cabem dois capacetes abertos

Rota supervisionada

Por meio dos sistemas GPS e GPRS, instalados como item de série no scooter, o app ainda notifica o proprietário quando o scooter sai fora de sua rota comum. Isso pode ser usado como um sistema antiroubo básico, mas também será útil para o uso profissional. A 22Motors incorporou recursos avançados de gerenciamento de frota em seu software, como monitoramento do movimento da frota e sugestões para um planejamento mais eficiente.

Inteligente e ecológico, Flow custa cerca de R$ 4.200 na Índia

E, por fim, o Flow faz o upload de todas essas informações para a nuvem, dando a chance do usuário comum revisar as informações sobre os dados de sua pilotagem, o uso da bateria e até mesmo realizar um diagnóstico remoto das condições do scooter.

Além de todas essas novidades, o preço acessível fez com que as primeiras unidades se esgotassem rapidamente: 75.000 rúpias indianas, ou cerca de 1.125 dólares, o que daria pouco mais de R$ 4.200. E a 22 Motors ainda promete bateria de graça por toda a vida útil do Flow. Mais um sinal de que o futuro da mobilidade passa por novas maneiras ecológicas e inteligentes de se locomover pela cidade. (Por Arthur Caldeira)