3 sugestões para aumentar produtividade do equipamento

0
76
Marcos Thadeu Giacomini Lobo
Marcos Thadeu Giacomini Lobo

Marcos Thadeu Lobo

Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas ( Unicamp ) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional de Suporte Técnico em Produtos. E atualmente exerce a função de Consultor Técnico Sênior.

3 sugestões para aumentar produtividade do equipamento.

A meta de todo gerente de manutenção ou diretor de produção em plantas industriais é reduzir o tempo de paralisação do maquinário e aumentar a produtividade do equipamento. Adiante, serão analisadas algumas sugestões referentes a processos de otimização de produção sem aumentar a tensão sobre os empregados.

Treinamento e retreinamento

Se colocarmos um motorista de ônibus escolar ao volante de carro de corridas da Fórmula 1 é óbvio que não obteremos o máximo de desempenho daquele veículo. Da mesma forma, haverá perda de produtividade se maquinários industriais ou equipamentos móveis de avançada tecnologia forem manuseados por operadores inadequadamente capacitados.

Figuras 1/2 - Pilotos habilitados e operários capacitados são imprescindíveis
Figuras 1/2 – Pilotos habilitados e operários capacitados são imprescindíveis

Fabricantes de equipamentos industriais usualmente oferecem treinamentos “on site” durante e após a instalação do maquinário. Porém, a maioria deles tem interesse em prover treinamentos de forma continuada, caso solicitados, visto ser do interesse dos OEMs que os usuários obtenham o máximo desempenho quando da operação de suas máquinas, o que resultará em menos avarias, resolução de problemas, reparos mais rápidos, maior satisfação por parte dos clientes, novas negociações e melhores referências.

Figuras 3/4 - Operadores treinados = clientes felizes + boas referências
Figuras 3/4 – Operadores treinados = clientes felizes + boas referências

Compras de maquinários móveis ou industriais são excelentes oportunidades para efetuar-se treinamento de operadores. OEMs fazem grandes investimentos na divulgação seus equipamentos com vistas a vendê-los e treinamentos de operadores poderão ser inclusos no custo do maquinário em condições bastante vantajosas para o cliente.

Retreinamento é parte vital no cálculo da produtividade. Operadores de máquinas e supervisores de produção não devem, apenas, partcipar de treinamentos programados sendo importante, também, que se submentam a testes de proficiência ou obtenham certificações com base em critérios previamente estabelecidos. Operadores desmotivados ou desatualizados levam à perda de produtividade, frequentemente, de difícil percepção. Programa formal de treinamentos e certificações é forma de superar os mencionados desafios.

Atualização em maquinário

OEMs, regular e incansavelmente, trabalham na melhoria dos maquinários por eles produzidos. Característica vital para sobrevivência de OEMs, a inovação em equipamentos móveis e industriais significa que quem adquiriu maquinário há, vamos supor, 02 anos atrás já se encontra, neste particular, em relativa desvantagem em termos de produtividade ao competidor que adquiriu uma versão mais recente do equipamento.

Figuras 5/6 - A inovação por parte dos OEMs é permanente
Figuras 5/6 – A inovação por parte dos OEMs é permanente

Existem, contudo, oportunidades para atualizar equipamentos mais antigos de forma a trazer as suas características de desempenho a níveis de modelos de gerações mais recentes. Talvez, os sistemas mais interessantes a serem atualizados são os relacionados a controles e diagnósticos tendo em vista o ritmo alucinante que rege os avanços tecnológicos relacionados à tecnologia computacional.

Atualizar o estado da arte no que diz respeito às tecnologias de diagnósticos e controles em partes do maquinário móvel ou industrial pode significar ganhos substanciais em produtividade. O desempenho de equipamentos móveis e industriais pode ser rastreado e analisado mais rápida e precisamente, problemas operacionais podem ser identificados e reparados mais rapidamente, dados transferidos podem ser coletados e revisados com mais riqueza de detalhes etc.

Figuras 7/8 – Maquinários móveis e industriais podem ser atualizados a custos competitivos para melhoria nas caracterísiticas de desempenho

Talvez o gerente de operações ou manutenção possa se reunir regularmente com os OEMs dos equipamentos utilizados na planta ou site com vistas a verificar se há opções de atualização. Adicionalmente à melhoria na produtividade, atualizações permanentes do maquinário oferecem tremendos benefícios financeiros em face do prolongamento de sua vida útil de serviço.

Procurar pelos assassinos menos óbvios da produtividade

O que diminui a produtividade em muitas operações não são grandes problemas devido à falta de treinamento ou a equipamentos com tecnologia desatualizada e sim, poucos e pequenas ineficiências que passam despercebidas. Desta forma, é de grande importância tentar identificar estes pontos, entender o impacto que causam à produtividade e, principalmente, como lidar com eles.

Fatores ambientais se enquadram nesta categoria de problemas. Se uma planta industrial ou o site de trabalho do equipamento móvel é muito quente, muito frio ou muito ruidoso os trabalhadores dispenderão energia útil, entusiasmo e habilidades que, em condições ideais, seriam utilizadas especificamente nas tarefas a serem realizadas. Ações muito simples como, por exemplo, a instalação de revestimento adequado no piso de concreto da planta pode produzir melhorias imediatas na produtividade.

Figuras 9/10 - Fatores ambientais influem na produtividade do trabalhador
Figuras 9/10 – Fatores ambientais influem na produtividade do trabalhador

Manuseio de material é outra área onde mudanças relativamente simples podem produzir ganhos significativos de produtividade. Por exemplo, conectar dois equipamentos industriais de elevada produtividade por meio de um transportador ao invés de recorrer ao transporte manual das peças por meio de operários pode significar economia de muitos “homem-hora” em três turnos de trabalho, bem como diminuir riscos de acidentes e gastos médicos.

Figuras 11/12 - Ganho de produtividade em transporte de material
Figuras 11/12 – Ganho de produtividade em transporte de material

Peças de reposição e manutenção são 02 outras áreas em que a batalha contra o tempo de inatividade de maquinários móveis ou industriais pode ser ganha ou perdida. Com o elogiável intento de economizar corre-se o risco de se poupar centavos de real e perder-se milhares de reais em produção. Por exemplo: tentar economizar por se manter pequeno inventário de peças de reposição é louvável mas pode custar muito caro se uma máquina de vital importância ao processo produtivo falhar e interromper a produção por determinado período de tempo enquanto se espera a vinda de peça nova enviada por OEM situado à grande distância da planta.

Figuras 13/14 – A intenção de economizar é louvável, mas com os devidos cuidados

De maneira similar, as empresas, em momentos de dificuldades financeiras, podem ser pressionadas a reduzir o staff do setor de manutenção ou o tempo dedicado às variadas atividades de manutenção. Porém, podemos utilizar como exemplo os bólidos que competem na Fórmula 1 e nos perguntarmos por que são realizados “pit stops” com tanta frequência ?

Figuras 15/16 - "Pit Stop" em Fórmula 1
Figuras 15/16 – “Pit Stop” em Fórmula 1

A dura realidade é que, não importando quão eficientes sejam as máquinas e os operadores, o desgaste natural do equipamento em algum momento faz com que toda a operação sofra uma parada brusca e inesperada. Neste momento, é que o staff de manutenção reduzido ou a diminuição das horas em atividades de manutenção farão toda a diferença.

Em face do exposto, pode-se mencionar que para se reduzir o tempo de paralisação do maquinário e se aumentar a produtividade é importante a observação cuidadosa e permanente do maquinário, dos operadores bem como de todos os aspectos da operação que os afetam.

Figuras 17/18 - Importante é analisar-se a produtividade de forma ampla
Figuras 17/18 – Importante é analisar-se a produtividade de forma ampla

Acima de tudo, é importante analisar-se a produtividade de forma holística não dando foco, apenas, em alguns poucos aspectos que possam, realmente, aumentar a produtividade mas cujos ganhos possam ser engolfados por se ignorar pontos de impacto muito maior e que foram desconsiderados.

Outros artigos do Autor

Cor do óleo pode ser um sinal de alerta no campo

Marcos Thadeu Lobo Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas ( Unicamp ) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional...
Figura 11 - Pistolas graxeiras são instrumentos de lubrificação simples e práticos

Cuidados com o manejo e aplicação de graxas lubrificantes

Marcos Thadeu Lobo Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas ( Unicamp ) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional...
Figuras 1/2 - Pilotos habilitados e operários capacitados são imprescindíveis

3 sugestões para aumentar produtividade do equipamento

Marcos Thadeu Lobo Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas ( Unicamp ) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional...

Filtração de óleos novos podem aumentar desempenho de máquinas

Marcos Thadeu Lobo Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas ( Unicamp ) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional...

Possíveis causas de espessamento de óleos lubrificantes para engrenagens

Marcos Thadeu Lobo Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas ( Unicamp ) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional...