Temperatura afeta o óleo

95

Temperatura afeta o óleo:
Como a temperatura influi no desempenho operacional dos óleos lubrificantes

Por: Marcos Thadeu Giacomini Lobo

As propriedades físicas primárias dos óleos lubrificantes que mais são afetadas pela temperatura são: Viscosidade, Índice de Viscosidade, Ponto de Fluidez e as relacionadas com o tipo do óleo básico.

Viscosidade

É a mais importante consideração a ser feita quando da seleção de um óleo lubrificante, sendo a viscosidade de um óleo lubrificante a sua habilidade em fluir ou a sua resistência interna em escoar.

Por exemplo, quando um filme de óleo lubrificante se forma entre as superfícies metálicas de um mancal (rolamento ou deslizamento) e do eixo, algumas moléculas de óleo lubrificante são atraídas para a superfície do eixo, enquanto outras moléculas são atraídas para a superfície do mancal (rolamento ou deslizamento).

Figuras 1/2 - Medição de temperatura de óleo lubrificante
Figuras 1 – Medição de temperatura de óleo lubrificante

Esse fenômeno é chamado de Taxa de Cisalhamento e é diretamente afetado pela viscosidade do óleo lubrificante e sua temperatura de operação. Os óleos lubrificantes chamados “multigraus” com menor viscosidade (“mais finos”), geralmente, terão Taxa de Cisalhamento potencialmente maior, ao passo que óleos lubrificantes de viscosidade única ou “monograus”, usualmente, terão uma Taxa de Cisalhamento potencialmente menor.

Visto que óleos lubrificantes de menor viscosidade e Taxa de Cisalhamento potencialmente elevada: ainda mantêm película suficientemente espessa, torna-se bastante nítido que, à medida que a temperatura de operação se eleva, o filme de óleo lubrificante poderá falhar e ocorrer contato entre as superfícies metálicas em movimento. Se a viscosidade do óleo lubrificante é alta demais com uma Taxa de Cisalhamento potencialmente baixa, a resistência interna ao escoamento aumentará dramaticamente a temperatura de operação do óleo lubrificante, provocando uma condição sobreaquecida que pode levar à ruptura do filme de óleo lubrificante e acelerar a sua oxidação. Em função do exposto, é crítico que os óleos lubrificantes sejam selecionados levando-se, sempre, em consideração a temperatura estimada de operação.

Clique na revista abaixo e leia o restante do artigo na revista LUBES EM FOCO:

Lubes em Foco 64