Waymo lidera a corrida dos carros autônomos

0
40

Waymo

A Waymo, subsidiária da Alphabet com matriz na Google, é uma das mais avançadas empresas de veículos autônomos do mundo. Recentemente, a empresa anunciou um pedido de compra de “milhares” de carros autônomos da Fiat Chrysler, já que a Alphabet planeja lançar em breve um serviço de transporte público no Arizona, nos EUA. Essa liderança é fundamentada nas estatísticas de um relatório do Departamento de Veículos Motorizados (DMV) da Califórnia, no qual se observa a menor taxa de intervenção humana entre as empresas que realizam testes com esse tipo de tecnologia.

O DMV da Califórnia exige que as empresas apresentem estatísticas sobre quando os motoristas devem interferir na direção de um veículo autônomo para evitar um acidente. Em seu relatório, a Waymo revelou que estabelece “limites de intervenção de forma conservadora para os testes realizados em vias públicas”.

Intervenções não está relacionada à segurança

A grande maioria das intervenções não está relacionada à questão de segurança. Nossos motoristas de testes transitam rotineiramente ao longo do dia dentro e fora do modo autônomo, e a autocondução do software do veículo controla o motorista em muitas situações que não envolvem falha na tecnologia autônoma ou que exijam alguma manobra imediata por parte do motorista

De dezembro de 2016 a novembro de 2017, a Alphabet relatou 63 intervenções ao longo de 352.545 milhas ocorridas, na maior parte nas ruas da Califórnia, com 75 veículos. Destaque para o mês de novembro, onde só teve 1 intervenção ao longo de 30.517 milhas.

Segundo uma pesquisa realizada pela “The Information’s Amir Efrati“, foi confirmado que a intervenção da Waymo é realmente a menor, com 0.18 por 1.000 milhas, superando assim seus concorrentes.