terça-feira, Maio 22, 2018
Home Carro e Moto Ehang mostra testes de voo do seu 1º drone de passageiros

Ehang mostra testes de voo do seu 1º drone de passageiros

0
75
A empresa chinesa Ehang, fabricante dos drones de passageiros, “Ehang 184”, mostrou hoje um vídeo com imagens dos diversos testes de voo que a companhia fez com seu equipamento. Foram realizados mais de 1.000 voos com passageiros humanos, sendo que não há relatos de qualquer incidente que pudesse colocá-los em risco.

Entre esses voos, foram realizados testes com uma “escalada” vertical de 300 metros acima do chão, outro com uma carga de 230 kg dentro da cabine, um teste de autonomia em uma rota de 15 km de comprimento e outro para verificar a velocidade máxima do veículo, a qual ficou marcada em 130 km/h. Vale destacar que os voos tripulados foram realizados através de controle remoto ou com piloto presente, não completamente autônomos portanto.

Condições adversas de tempo

A Ehang ainda testou o drone em uma série de condições adversas de tempo, com voos sendo realizados no calor extremo, na neblina, durante a noite e também durante o um tufão de categoria 7. Nesse último caso, o drone conseguiu sobreviver a ventos fortíssimos. Não temos detalhes mais precisos acerca disso, entretanto.

 

O que estamos fazendo não é nenhum esporte radical, portanto a segurança de cada passageiro vem em primeiro lugar

CES em Las Vegas

Vale destacar que uma das primeiras aparições públicas do Ehang 184 no ocidente foi há dois anos em uma edição da CES em Las Vegas, EUA. A empresa explicou que estava construindo um veículo aéreo autônomo, mas, como não tinha muito o que mostrar, ficou apena com o ceticismo dos visitantes da feira. Agora, a história mudou completamente, com mais de mil voos de testes tripulados.

“O que estamos fazendo não é nenhum esporte radical, portanto a segurança de cada passageiro vem em primeiro lugar”, comentou ao The Verge Huazhi Hu, CEO da Ehang. A empresa pretendia originalmente mostrar seu drone ao governo de Dubai, que atualmente tem uma competição para premiar a primeira empresa que conseguir estabelecer um serviço de táxi aéreo autônomo na cidade de forma segura. Não sabemos, contudo, quando isso poderia acontecer.

FONTE(S)