Shell lança Ed Estrada, mapeando estradas do país

0
152

Shell Lubrificantes 

A Shell Lubrificantes acaba de lançar Ed estrada, campanha para divulgar os resultados de um mapeamento da qualidade da pavimentação de cinco das rodovias federais mais movimentadas do país. O objetivo principal é levantar informações para que os profissionais da estrada possam programar suas viagens de forma mais segura.

O projeto contou com a participação de quem mais entende do assunto: os caminhoneiros. Para isso, a Shell instalou na boleia de cinco caminhões o Ed Estrada, boneco inteligente que detecta irregularidades do asfalto e transmite as informações para um mapa que utiliza a tecnologia do Google maps e do Maplink e está disponível em diversas plataformas. O projeto, criado e desenvolvido pela agência Wunderman, está disponível através do site Shell Ed Estrada, assim como nos vídeos sobre a jornada dos caminhoneiros nos canais digitais da marca: Youtube e Facebook.

Todos os buracos são mapeados

Todos os buracos são mapeados quando o motorista passa por eles e o boneco, que é do tipo Bobble Head, balança a cabeça. Nesse exato local, aparecem os “pins” no site da Shell, que pode ser acessado tanto por desktops quanto por celular. As informações também estão nos apps Clube Irmão Caminhoneiro Shell, Truckpad e no HUB de conteúdo do Estradão. [E1]

Segurança é uma prioridade para a Shell

“A Segurança é uma prioridade para a Shell e o projeto surgiu para que o motorista se sinta mais seguro ao longo de suas jornadas. Através dessa ação, os caminhoneiros terão acesso ao mapa de buracos e, com isso, terão visibilidade dos piores trechos, podendo se preparar para as viagens”, explica Leila Prati, diretora de Desenvolvimento de Negócios da Shell. “Esperamos que essa ação ajude os caminhoneiros nos desafios que encontram nas estradas”, finaliza Leila.

A tecnologia por traz do Ed Estrada consiste em uma placa customizada com GPS e acelerômetro capaz de ler as forças que incidem em seus três eixos enquanto o caminhão circula.

“Um microcontrolador analisa e identifica padrões de comportamento entre os buracos do asfalto e toda vez que o caminhão passa por um deles o sistema envia sua geolocalização para a nuvem. O objetivo é mapear e informar sobre defeitos na pista”, destaca Rafael Fittipaldi, Sócio e Diretor Técnico Criativo da MediaMonks, empresa responsável pelo desenvolvimento da tecnologia.

As rodovias mapeadas foram escolhidas por meio de uma pesquisa realizada pela Shell no ano passado, no aplicativo Truckpad, desenvolvido exclusivamente para caminhoneiros. O monitoramento foi feito nas BRs 116, 040, 262, 101 e 135. Apesquisa levou em conta a estrada considerada mais perigosa e a mais movimentada. Segundo os entrevistados, a BR 116, que tem 4.513 quilômetros e passa por 10 estados, de norte a sul do país, ficou em primeiro lugar nos dois itens.

“O Brasil tem mais de 1,7 milhão de quilômetros de estradas, em sua maioria com pontos em más condições. E quem mais sofre com isso são os caminhoneiros. A ideia é que o Ed Estrada seja um companheiro de viagens desses heróis do asfalto, alertando sobre os perigos que eles podem encontrar”, explica Fernando Tomeu, diretor de criação da Wunderman.