O Consumidor busca segurança. Você abasteceria neste posto?

125

Imagine você chegando num local desconhecido, você com sua família procurando um restaurante para almoçar. Em qual restaurante você entraria com eles?

Em algum restaurante com a fachada limpa e bonita e bem cuidada ou num local onde a aparência está deteriorada? Não é difícil responder, por melhor que seja a comida servida no restaurante desarrumado você de cara terá a impressão que o ambiente e a comida não servirão para sua família.

Você abasteceria neste posto?

 

Moldura news 1_2018_abasteceria aqui

Recentemente a rede de fast food Habib’s inaugurou um posto de combustíveis na cidade de São Paulo e vem sendo um sucesso. Eles estão aproveitando o sucesso de suas lanchonetes para associar comida com combustíveis e como podemos ver abaixo a imagem é impecável.

Moldura news 1_2018_posto habibs

Para muitas pessoas os seus veículos são o bem mais caro que eles possuem, e, portanto, não irão abastecê-los em qualquer lugar, mesmo que o combustível esteja mais barato, se tiver muito barato aí sim que aumenta a desconfiança. O consumidor quer se sentir seguro.

Posto Bandeira Branca

Mais de 1000 postos foram abertos nos últimos 12 meses no Brasil sem ostentar marcas famosas, e para especialistas do setor o aumento desse número de postos é reflexo da atual crise econômica uma vez que seus donos decidiram abrir mão de uma marca consagrada para ter maior flexibilidade de preços. As vendas estão em queda e muitos revendedores optaram pela liberdade de comprar combustíveis de qualquer distribuidora e ter custos menores. Se eles estivessem amarrados a uma única marca, provavelmente estariam com sua lucratividade comprometida.

Consumidores preocupados com a bandeira do posto

Segundo uma recente pesquisa, realizada no final de 2015, pelo Ibope Inteligência, revelou que 85% dos consumidores de combustíveis estão preocupados com a bandeira do posto. A preferência sempre recai pelas grandes do setor (BR, Shell, Ipiranga e ALE). Ainda segundo a pesquisa o critério que mais importa na preferência por essas marcas é a confiança, seguido do atendimento e qualidade. Ao que parece o consumidor tem a preferencia por abastecer seu veículo em um posto bandeirado, mas com a crise econômica se vê obrigado a utilizar um posto bandeira branca que na sua maioria possuem preços mais atrativos.

De onde vem o combustível? 

O posto deve informar claramente de onde vem seus produtos. Os postos de bandeira branca (sem distribuidora exclusiva) têm que informar em cada bomba qual distribuidora forneceu o combustível.

Também segundo especialistas, parte dos postos de bandeira branca também está associada a irregularidades na venda de gasolina, diesel e etanol. Os problemas, no entanto, também fazem parte dos postos com bandeira advertem, embora em menor escala. Segundo a ANP, as infrações mais comuns são, além de combustível adulterado, falta de informação de preços e publicidade enganosa. O problema de gasolina adulterada independente da bandeira é uma questão de honestidade. A percepção de qualidade por parte do consumidor é menor no caso dos postos de bandeira branca. Mas isso não significa que o combustível não tenha qualidade.

Além disso nos últimos 6 meses a Petrobras alterou o preço da gasolina 116 vezes, sendo 61 vezes para cima e 55 para baixo, isso acabou deixando o consumidor meio confuso buscando novas alternativas de postos para abastecer.

Consumidor guiado pelo visual

De acordo com estudos, em 90% dos casos o consumidor quando escolhe um posto para abastecer seu veículo é guiado pelo visual. Logo, a exemplo do restaurante citado acima um posto com boa aparência visual é crucial para o estabelecimento. Cuidar bem da aparência do seu ponto de vendas levará o consumidor a ter mais confiança na hora da escolha e conferirá perenidade ao seu negócio. Evidentemente que somente uma imagem bem cuidada não é o suficiente, alia-se a isso um bom atendimento conforme demonstrado no artigo anterior. Quanto à qualidade procure sempre comprar seus produtos de empresas sérias e com tradição de qualidade assegurada.

banner colunista vinicius