Após S&P rebaixar rating do Brasil, governo reforça compromisso com consolidação fiscal

0
37
consolidação fiscal
Henrique Meirelles – Ministro da Fazenda

Standard & Poor’s

(Reuters) – O governo continua comprometido com a consolidação fiscal e com a aprovação de medidas como a reforma da Previdência, disse o Ministério da Fazenda nesta quinta-feira, após a agência de classificação de risco Standard & Poor’s rebaixar o rating do Brasil para BB-, ante BB.

Consolidação fiscal

 

“O governo federal mantém-se comprometido com a consolidação fiscal, que deve progredir com a agenda de reformas em debate no Congresso Nacional”, afirmou a Fazenda, em comunicado.

“O governo reforça seu compromisso em aprovar medidas como a reforma da Previdência, a tributação de fundos exclusivos, reoneração da folha de pagamentos, adiamento do reajuste dos servidores públicos, entre outras iniciativas que concorrem para garantir o crescimento sustentável da economia brasileira e o equilíbrio fiscal de longo prazo”, acrescenta a nota.

S&P justificou o rebaixamento

A S&P justificou o rebaixamento em função da demora na aprovação de medidas para reequilibrar as contas públicas e de incertezas devido às eleições deste ano.

Depois de falar que sempre teve o apoio do Legislativo, a Fazenda encerra a nota afirmando ter certeza de que o Congresso “continuará a trabalhar em favor das reformas e do ajuste fiscal fundamentais para o Brasil”.