Novas especificações de óleo aumentam mercado de aditivos

0
86

Novas especificações de óleo aumentam mercado de aditivos. A conservação de energia, os regulamentos sobre gases do efeito estufa (GEE) e a modernização de frotas de veículos e equipamentos pesados impulsionam o mercado de lubrificantes para óleos de maior desempenho, o que, por sua vez, leva a um aumento no consumo de aditivos, particularmente para dispersantes, antioxidantes e modificadores de viscosidade, de acordo relatório de Análise de Mercado e Oportunidades da empresa de consultoria global Kline.

Aditivos de lubrificantes são utilizados para melhorar o desempenho do óleo básico, melhorar o desgaste, espessamento, estabilidade oxidativa, limpeza e dispersão do fluido totalmente formulado, dentre outros. O consumo de aditivos depende de vários fatores, como atualizações de especificações e intervalos entre as trocas de óleo.

Novas especificações de óleo aumentam mercado de aditivos
Novas especificações de óleo aumentam mercado de aditivos

De acordo com David Tsui, um Gerente de Projeto da Kline, “Novas especificações estão levando a mudanças de formulação e seleção de aditivos. Além disso, os regulamentos estão direcionando essas especificações para viscosidades mais baixas e restrições químicas mais rigorosas. Os regulamentos que visam a economia de combustível e as emissões têm um impacto considerável na viscosidade e na composição química dos aditivos utilizados”.

Tsui acrescenta que “as atualizações de especificações exigem maior uso de aditivos antioxidantes e dispersantes. Contudo, o uso de detergentes e antidesgaste está sendo restringido pelos OEMs para proteger os sistemas de emissão. Tais movimentos também favorecerão o crescimento de antioxidantes, antidesgaste sem cinzas e dispersantes.

De acordo com a Kline, o consumo total global de aditivos para lubrificantes é superior a 4,4 milhões de toneladas em 2016. A Ásia-Pacífico é a maior região consumidora de aditivos do mundo, devido ao seu considerável segmento comercial e industrial.

Novas especificações de óleo aumentam mercado de aditivos

Os aditivos de lubrificantes são categorizados nos seguintes segmentos-chave: óleo automotivo, óleo para motor industrial, óleo industrial geral, fluidos de metalurgia, graxa e óleos de processo.

A lenta recuperação da Economia global tem dificultado o crescimento nos segmentos industrial e marítimo. Enquanto isso, o crescente parque de veículos e a modernização das frotas existentes estão gerando crescimento no segmento automotivo.

Como resultado, os lubrificantes automotivos são o maior segmento, representando mais de dois terços do mercado total de aditivos lubrificantes, diz a Kline. O óleo de motor de automóveis de passageiro agora está se sobrepondo aos volumes de óleos para motores pesados.

Dentro dos aditivos para fluidos de usinagem, o segundo maior segmento do mercado, o consumo de aditivos para remoção, formação, proteção e tratamento de fluidos está incluído. Este segmento é comandado por fluidos de remoção, que representam mais da metade da demanda da categoria. A categoria está sendo cada vez mais regulada, com certos segmentos sendo afetados negativamente.

Globalmente, espera-se que o consumo de aditivos para lubrificantes cresça a uma taxa de crescimento anual composta em torno de 0,7% , entre 2016 e 2021.