Petrobras coloca à venda ativos em fertilizantes

0
32

SÃO PAULO (Reuters) – A Petrobras iniciou processo para a venda da subsidiária integral Araucária Nitrogenados (Ansa) e da Unidade de Fertilizantes-III (UFN-III), em mais um movimento de seu plano de desinvestimentos e parcerias que visa reduzir o endividamento.

Petrobras coloca à venda ativos em fertilizantes e prevê saída do setor
Petrobras coloca à venda ativos em fertilizantes e prevê saída do setor

Em comunicado nesta segunda-feira, a Petrobras disse que as unidades serão vendidas em conjunto e que o processo seguirá uma sistemática aprovada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) para seus desinvestimentos.

Saída da produção de fertilizantes

“A iniciativa faz parte da estratégia de saída integral da produção de fertilizantes, conforme divulgado no Plano de Negócios e Gestão 2017-2021”, disse a companhia em nota.

A UFN-III, em Três Lagoas, teve suas obras iniciadas em setembro de 2011, mas os trabalhos acabaram paralisados em dezembro de 2015, com avanço físico de cerca de 80 por cento. A UFN deverá produzir amônia e ureia.

“Com a transferência do ativo para o futuro comprador, as obras para conclusão do empreendimento poderão ser retomadas”, disse a Petrobras em nota.

A Araucária Nitrogenados, inaugurada em 1982, produz amônia e ureia para uso nas indústrias química e de fertilizantes, além do produto químico “Arla 32” e de CO2.

A Petrobras tem como meta realizar 21 bilhões de dólares em parcerias e desinvestimentos no biênio 2017/2018, o que incluirá a saída da estatal de alguns setores não associados a seu negócio principal, como é o caso da produção de fertilizantes.

As vendas de ativos e parcerias visam reduzir a enorme dívida da companhia e focar seus investimentos em negócios mais rentáveis, como a produção de petróleo nos produtivos campos do pré-sal.