Impacto do Biodiesel nos lubrificantes

0
31

Impacto do Biodiesel nos lubrificantes

Por: Equipe Técnica Lubrizol

A crescente prevalência do biodiesel continuará impactando o mercado brasileiro de veículos pesados. Os lubrificantes com tecnologia mais avançada terão um papel importante nesse segmento em termos de desempenho e de rentabilidade, tanto para os veículos novos como para os antigos.

Impacto do BiodieselO mercado de veículos pesados no Brasil mudou devido à maior utilização de biocombustíveis nos últimos anos, e não sem razão. A mudança permitiu ao país tirar maior proveito de seus próprios recursos naturais e reduzir a dependência do combustível diesel tradicional importado, ao mesmo tempo em que faz reduções significativas nos níveis de emissões nacionais. De acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), estima-se que o uso de biodiesel tenha ajudado a reduzir a quantidade de CO2 em cerca de 9,6 milhões de toneladas em nível nacional.

E não vamos voltar atrás. O governo brasileiro anunciou planos para um aumento gradual do componente renovável usado no diesel. Até 2019, o conteúdo de biodiesel atingirá 10%, tornando o Brasil um líder mundial no uso de biodiesel para veículos pesados.

Há, no entanto, considerações que devem ser feitas junto com esta mudança. Uma das mais importantes é o impacto que o biodiesel tem no desempenho do óleo de motor. A frota circulante no país é ampla e diversificada e embora os veículos mais novos estejam protegidos por lubrificantes de alto desempenho, baseados em especificações recentemente atualizadas pelos OEM, as frotas mais antigas dependem muitas vezes de especificações que não levam em consideração o aumento do teor de biodiesel.

As frotas de veículos mais antigos podem se beneficiar de uma aceitação mais ampla por parte da indústria de lubrificantes de nível de desempenho mais elevado. Eis o porquê:

Impacto do Biodiesel no Lubrificante

O componente renovável do biodiesel brasileiro vem tradicionalmente da soja, um dos recursos naturais mais abundantes do país. No entanto, à medida que a proporção do biodiesel no diesel aumenta até 2019, outros componentes serão cada vez mais utilizados como fonte de matéria-prima nas misturas de biodiesel para atingir esse objetivo. Esses componentes incluirão gorduras animais, algodão e outros produtos residuais.

Faça log-in ou cadastre-se para continuar lendo este artigo:

 

Lubes em Foco 61