Inspeção em posto de gasolina: quais são os critérios?

0
79

Inspeção em posto de gasolina

Os postos de gasolina são empreendimentos bastante populares, mas que precisam passar por uma série de avaliações para que permaneçam abertos e operando. Isso se deve principalmente às regras estabelecidas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), que é o órgão regulamentador dessa atividade. Elas são necessárias para garantir a segurança do empreendimento e também do consumidor, e são feitas tanto interna quanto externamente. Veja a seguir quais são os critérios para a inspeção em posto de gasolina.

Documentação

Assim como em qualquer negócio, os postos de gasolina passam por uma inspeção na documentação em geral para garantir que são empreendimentos que podem atuar no mercado. Isso significa contar com uma série de laudos técnicos, autorizações específicas e zoneamento correto.

Especificamente em relação a esse tipo de negócio, também há uma avaliação sobre documentos como o cadastro e autorização junto à Agência Nacional de Petróleo (ANP), o que garante que a revenda de combustível é totalmente legal no local.

Passivos e contaminadores ambientais

O risco de um posto de gasolina oferecer algum tipo de vazamento ou derramamento de combustível no ambiente é bastante elevado, o que pode causar graves danos. Por isso, a inspeção em posto de gasolina também passa por uma avaliação de passivos e contaminadores ambientais em geral.

Os critérios também incluem a conferência de bombas e tanques para a avaliação de possíveis falhas ou vazamentos subsequentes, assim como a verificação de quaisquer outros fatores que possam oferecer risco para o meio ambiente.

Segurança física

Outro critério de inspeção em posto de gasolina diz respeito à segurança física. Por se tratar de um empreendimento com produtos voláteis, a inspeção é realizada para garantir que o local é seguro e que não apresenta fatores de risco como a presença de faíscas perto de uma bomba de gasolina, por exemplo.

A inspeção também serve para avaliar vazamentos, defeitos e problemas diversos que podem comprometer a integridade física dos equipamentos e a segurança em geral do local. Nesse sentido, são avaliadas as bombas de combustível, os tanques, o encanamento em geral e também a parte elétrica, garantindo que tudo esteja em conformidade com as boas práticas de segurança.

Qualidade do combustível

Outro critério muito importante de inspeção em posto de gasolina diz respeito à qualidade do combustível, especialmente da gasolina. Isso é importante e necessário, porque segundo a legislação brasileira, a gasolina pode ser composta, no máximo, por 27% de álcool. Acima desse valor, ela é considerada fora dos padrões e, portanto, adulterada.

Assim, para atender a esse critério, na maioria das vezes, a inspeção avalia diferentes amostras de gasolina e realiza testes para conhecer a sua composição. Isso garante que o posto seja aprovado por fornecer este tipo de combustível dentro dos padrões, o que traz mais segurança para os consumidores.

Os postos de gasolina são empreendimentos que estão submetidos a alguns critérios de inspeção específicos. Eles servem para garantir a segurança e também a qualidade dos produtos oferecidos. Assegurando assim, que todo o empreendimento esteja dentro das normas estabelecidas.

Ainda tem dúvidas sobre algum critério de inspeção em posto de gasolina? Não deixe de comentar, para que possamos ajudá-lo!