Petronas investe 150 milhões em planta de lubrificantes na Índia

172

petronasA Petronas Lubrificants International (PLI), o braço de fabricação e comercialização da empresa petrolífera nacional da Malásia – PETRONAS vai investir US$ 150 milhões, para criar uma unidade de mistura de lubrificantes com 110 milhões de litros de capacidade, em Patalganga, nos arredores de Mumbai (Bombaim), e um centro de tecnologia para óleo de motor de motocicleta, disseram funcionários da empresa.

“Atualmente, o décimo maior mercado de lubrificantes do mundo, a Índia pode ser um motor importante para o crescimento futuro da Petronas”, disse Giuseppe D’Arrigo, CEO da PLI.

A Petronas disse que pretende se tornar um das cinco maiores empresas do ramo no mundo em cinco anos. “Estamos entre a marca de crescimento mais rápido do mundo. Mesmo na Índia, esperamos fazer melhor do que a concorrência”, disse D’Arrigo.

Ele disse também que o foco imediato está na operacionalização da nova fábrica, que deverá entrar em operação no primeiro trimestre de 2018, e deve atingir a capacidade máxima em três a quatro anos.

Petronas foca em venda de valor

Comentou ainda que a companhia focalizaria na venda de valor. “A Índia é mercado para preço, mas cada vez mais a sofisticação está ocorrendo e as pessoas vão olhar para valores no futuro, e é onde a Petronas vai estar. Melhores produtos e melhor valor para os clientes”, disse ele.

Segundo a empresa, a Petronas Lubricant vende atualmente cerca de 30 milhões de litros por ano no país, representando apenas 3% do volume global de, aproximadamente, 1 bilhão de litros. D’Arrigo disse que a empresa está projetando volumes de 1.5-1.7 bilhão litros globalmente para 2020-2021, e que a participação da India chegaria aos 5%.