McLaren quer tornar todos os seus carros híbridos até 2025

169

Assim como outras fabricantes, a McLaren vai investir em carros híbridos. No entanto, o plano da fabricante espanhola é bem mais agressivo: de acordo com o CEO da marca, Mike Flewitt, a expectativa da empresa é usar a tecnologia híbrida em todos seus automóveis em 2025. “É a única maneira de cumprir as difíceis futuras metas de emissões”, disse o executivo durante uma entrevista.

McLaren quer que todos seus carros sejam híbridos até 2025
McLaren quer que todos seus carros sejam híbridos até 2025

“Eu realmente acredito que os elétricos é a direção da McLaren e, eventualmente, da indústria como um todo”, complementou Flewitt. Apenas o P1, que foi descontinuado no ano passado, é equipado com uma motorização híbrida, neste caso um 3.8 V8 e outro elétrico, capazes de gerar 1.250 cavalos de potência e fazer o superesportivo acelerar de 0 a 100 km/h em 3 segundos e atingir velocidade máxima de 350 km/h.

Para o Salão de Genebra, a empresa prepara o lançamento do novo 720S, que não será equipado com um conjunto híbrido – seu sucessor, porém, contará com a tecnologia.

Além disso, Flewitt não descartou a possibilidade de “reduzir” a capacidade do atual motor 3.8 litros V8 biturbo, que poderá se tornar um V6. “Em poucos anos você verá uma mudança no equilíbrio de poder entre motor de combustão e os motores elétricos”, afirmou o executivo.

McLaren anuncia parceria

No ano passado, a McLaren anunciou uma parceria com a BMW para desenvolver tecnologia de motor a combustão. A pesquisa, que envolve também a Universidade de Bath (Inglaterra), visa projetar um novo propulsor mais eficiente que os atuais. No entanto, o executivo já adiantou que não haverá motores BMW em um McLaren, e vice-versa. “Estes ainda usarão motores McLaren, desenvolvidos por nós”, finalizou.

[Fonte: AutoExpress]