Chevron Oronite avança nos planos para a China

A nova fábrica da empresa se prepara para operar em 2017

247

china

Chevron Oronite

Nova Fábrica em Ningbo

A Chevron Oronite continua a progredir nos planos para sua nova fábrica em Ningbo, na República Popular da China. A empresa atingiu outro marco significativo do projeto, uma vez que prossegue com a fase de Engenharia e Projeto (Front End Engineering and Design – FEED) do projeto.

Estamos satisfeitos com o progresso que estamos fazendoKoon Eng Goh

“Estamos satisfeitos com o progresso que estamos fazendo”, disse Koon Eng Goh, gerente geral de Manufatura e Supply Chain, da Chevron Oronite, na região da Ásia-Pacífico, “e agradecemos o apoio local continuado da cidade de Ningbo”.

Conclusão em 2017

O trabalho de FEED – Front End Engineering and Design, que deverá ser concluído antes do final de 2017, será liderado pela empresa Fluor, líder global em serviços de engenharia, aquisição, fabricação, construção (EPFC), manutenção e gerenciamento de projetos. “Estamos ansiosos para trabalhar em estreita colaboração com o nosso parceiro, Fluor”, acrescentou Goh.

Em março de 2015, a Chevron Oronite assinou um acordo de investimento para construir uma fábrica de aditivos, de propriedade integral, em Ningbo, uma cidade portuária no nordeste da província de Zhejiang, na República Popular da China. Em dezembro de 2015, a empresa anunciou a criação de uma empresa totalmente estrangeira com sede em Ningbo, bem como seus planos para aumentar seu suporte técnico e capacidades de desenvolvimento de produtos na China, por meio de um crescente centro tecnológico de especialização em Xangai.

Os planos para a fábrica

Chevron oronite
Chevron oronite

Os planos existentes exigem que a fábrica de Ningbo abra como uma operação de mistura e expedição, seguida pela expansão em fases da fabricação de componentes, à medida que a demanda de aditivos para lubrificantes cresce. A Chevron Oronite afirmou que o cronograma do projeto atualmente exige que as atividades de mistura e expedição comecem em 2020.